#edihitt agregador informativo: educação

Mostrando postagens com marcador educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador educação. Mostrar todas as postagens
***

Sátira...???...!!!


Contador de visitas (hit counter): Contador de visitas






:) Sátira (:

Origem: Wikipédia,

a enciclopédia livre.


"A sátira é uma técnica literária ou artística que ridiculariza um determinado tema (indivíduos, organizações, estados), geralmente como forma de intervenção política ou outra, 
com o objectivo de 
provocar ou evitar 
uma 
mudança. 
O adjectivo satírico refer-se ao autor da sátira."
"A paródia pode estar relacionada com a sátira.
A paródia imita outra 
forma de arte, de uma forma exagerada,
para criar um efeito comico,
ridicularizando, geralmente, o tema e estilo da obra parodiada."
"Ainda que por vezes as técnicas próprias da sátira e da paródia se sobreponham, não são sinonimas.

A sátira nem sempre é humorística -
por vezes chega a ser trágica.
A paródia é, inevitavelmente de carácter cómico.
A paródia é imitativa por definição -
a sátira não tem de o ser.


O humor satírico
tenta,
muitas vezes,
obter um efeito cómico
pela justaposição
da sátira com a realidade.
O principal objectivo
da sátira
é
político, social ou moral -
e não cómico...

O humor satírico tende, pois, para a sutilezaironia

e uso do efeito cómico do deadpan (impassibilidade do humorista, como se não percebesse o ridículo das situações que apresenta).

Nas sociedades célticas, cria-se que uma sátira composta por um bardo tinha efeitos físicos, semelhantes a uma maldição.
Hoje ainda podemos falar de
sátiras
e paródias
audiovisuais,

que nada mais são do que as reproduções da sátira ou da paródia como as conhecemos através de meios audiovisuais,
como a 
televisão,
o cinema e 
mais recentemente
a internet.
A sátira e a paródia aqui ganham elementos novos,
pois passa-se a trabalhar com o jogo de imagens e sons,
sendo esses dois os principais elementos
com que se irá criar o efeito cômico 
ou o efeito crítica-ironia,
e não mais através somente do texto e de sua interpretação.
O leitor da sátira e
da paródia
passa ao espectador
desses estilos
que em última análise
podem se manifestar
em qualquer linguagem.
Uma das características da sátira antiga é
a apropriação paródica
dos mais diversos gêneros literários da Antiguidade,
incluindo uma heterogeneidade estilística
em que prosa e verso
encontravam misturados no mesmo texto.
Mas outra etimologia, ligada à língua grega,
associa a sátira à figura mítica do sátiro,
lembrando uma de suas características mais importantes,
já encontrada na comédia antiga 
e transmitida ao romance: a irreverência.
O que caracteriza a irreverência satírica Ã© 
o seu caráter denunciador e moralizador.

De fato, o objetivo da sátira é atacar os males da sociedade, 
o que deu origem à expressão latina: 
castigat ridendo moris,
que se pode traduzir livremente como 
"castigar os costumes pelo riso".
Por seu caráter denunciador, 
a sátira é essencialmente paródica,
pois constrói-se através do rebaixamento
de
personalidades (reais ou fictícias), 
instituições e temas que,
segundo as convenções clássicas,
deveriam ser tratados em estilo elevado.
Ou seja: a sátira ri de assuntos e pessoas "sérias",
para denunciar o que há de podre por trás da fachada nobre impingida
à sociedade.

Portanto o riso satírico Ã© diametralmente oposto à idealização épica.
Sendo o riso satírico em geral extremamente sarcástico,
o grotesco é um dos procedimentos favoritos do satirista,
que costuma mostrar a deformação grotesca do
corpo do personagem satirizado
como uma alegoria dos seus defeitos morais.
Um poeta muito conhecido
por suas sátiras foi 
poeta de estilo barroco.

Técnicas satíricas

mais

utilizadas

  • Diminuição -

  • Reduz o tamanho ou grandeza de algo de forma a tornar a sua aparência ridícula ou de forma a fazer sobressair os defeitos criticados. Por exemplo, quando alguém, num discurso político, decide chamar "bando de garotos" aos membros de outro partido, usa a diminuição. A primeira parte de As Viagens de Gulliver, passada na ilha fictícia de Liliput, Ã© também uma sátira diminutiva.
  • Inflação -

  • Quando se exagera, aumentando, algum aspecto da coisa satirizada.

  • Tal como a diminuição,

  • é uma forma de hipérbole

  • (negativa no primeiro caso,

  • positiva, no segundo).

  • O exagero das dimensões de algo

  • serve também para acentuar os defeitos
  • daquilo que se pretende satirizar.

  • Como exemplo desta técnica, podemos considerar a obra de Alexander PopeThe Rape of the Lock.

outro exemplo:
" Os Rolling Stones são tão velhos,
mas tão velhos que ja viraram
múmias vivas!"


  • Justaposição -

  • Coloca ao mesmo nível coisas de importância desigual,

  • de forma a rebaixar algumas,

  • supostamente "elevadas"

  • ao nível de outras consideradas menos nobres.

  • Por exemplo, quando alguém diz que as suas disciplinas preferidas na escola são Cálculo Diferencial, Física e "micar as gajas" (expressão usada, no calão, em Portugal, e que significa: olhar para as garotas), estará a colocar as disciplinas científicas, supostamente mais elevadas e edificantes, ao mesmo nível de um passatempo que apela a instintos mais básicos."




































"sem eira e nem beira"



...BEIRA: Prolongamento do telhado para proteger pedestres na rua 
ou 
pessoas no balcão da chuva e do sol.



Quando chove a gente vai andando pela Beira da casa.

CASA SEM BEIRA:



EIRA 1: É um espaço plano com chão duro ao lado da casa destinado à secagem de cereais:



EIRA 2: No Brasil colonial
chamava-se EIRA 
o Terraço 
ou a 
Varanda 
voltada para a rua 
para que o povo 
pudesse ver as 
festas e cerimônias 
nela realizadas. 

Era sinal de status social. 

A volta da eira era ricamente 
decorada 
pois nela eram realizados 
discursos políticos 

bênçãos religiosas 
dirigidas ao público
Pode ser aberto (terraço
ou fechado (varanda):


~~
"sem eira e nem beira"






Significa pessoas sem bens, sem posses. 

Eira 
é um terreno de terra batida 
ou 
cimento 
onde grãos ficam ao ar livre para secar. 

Beira é a beirada da eira.




Quando uma eira não tem beirao vento leva os grãos e o proprietário fica sem nada

Na região nordeste 
este ditado tem o 
mesmo significado 
mas outra explicação. 

Dizem que antigamente 
as casas das pessoas ricas 
tinham um telhado triplo

eira

beira 
e a 
tribeira 
como era chamada 
a parte mais alta do telhado.





As pessoas mais pobres não tinham condições de fazer este telhado, então construíam somente a tribeira ficando assim "sem eira nem beira".
~~




O CASO DA EIRA E BEIRA

Há uma expressão popular 
que diz 
"sem eira nem beira"
ou seja, 
a pessoa é um 
pobre coitado
sem posses
sem prestígio social


A expressão tem como referência dois elementos arquitetônicos dos grandes e belos sobrados coloniais.



Mas o que é uma eira

A eira é um pátio interno 
em uma construção. 
Diz o dicionário Houaiss para eira
1. Local de terra batida
cimentado 
ou 
lajeado
próprio para 
debulhar, 
trilhar, 
secar 

limpar cereais 

legumes. 

2. Área em que 
se acumula o sal
ao lado das marinhas

3. Pátio de certas fábricas de tecido

4. Depósito de canas, anexo às fábricas de açúcar.



E a beira

Beira ou beiral 

é o prolongamento do telhado 
que avança 
além das paredes externas 
protegendo-as da chuva. 

...encontramos:
..."três tipos de beiral existentes... "Arquitetura Civil - Século 18".



Assim, as 
grandes residências coloniais
possuíam a eira
ou seja 
um pátio
e a 
beira, o telhado avançado.



Existe uma explicação sem fundamento para a expressão "sem eira nem beira"

Seriam "beirais duplos" 
ou na realidade mais elaborados 
como os de cimallha 
que só os grandes sobrados possuíam. 

Assim, explanam erroneamente que 
"casas de beira e eira" são aquelas que possuem beirais duplos

Não existe nenhum dicionário de língua portuguesa ou de termos arquitetônicos 
que defina 
eira como uma parte da beira.



Quando se diz que a casa possui eira e beira, quer dizer: 
possui um pátio
geralmente interno
e um telhado avançado que pode ser 
em três modelos - 
de cachorro
de cimalha
de beira seveira.



























Fontes:
 ebanataw
e
soportugues
e
descubraminas






Page Views: Contador de visitas






























"arraste seu filho para o parque mais": Crianças cercadas por vegetação podem crescer para serem adultos mais felizes




...



Page Views: Contador de visitas
























Crianças cercadas por vegetação podem crescer para serem adultos mais felizes

Crianças cercadas por vegetação podem crescer para serem adultos mais felizes

Um novo estudo descobriu que crianças menores de 10 anos que tinham maior acesso a espaços verdes tinham 55% menos risco de transtornos mentais na vida adulta.

Crianças cercadas por vegetação podem crescer para serem adultos mais felizes



[Foto: Annie Spratt / Unsplash ]


POR KATHARINE SCHWAB 3 MINUTOS DE LEITURA

Todos nós sabemos intuitivamente que a natureza é boa para nós - mas seu impacto preciso em nosso bem-estar pode ser difícil de articular. Um novo estudo importante  descobriu que quando as crianças crescem cercadas por espaços verdes, elas têm 55% menos risco de desenvolver uma 
ampla gama de problemas de saúde mental 
mais tarde na vida.


O estudo foi inteligente

os pesquisadores da Universidade Aarhus, na Dinamarca, examinaram 
dados de 
satélite
dados populacionais 
de cerca de 1 milhão de residentes dinamarqueses nascidos entre 1985 e 2003 
e vivendo na Dinamarca com a idade de 10 anos. mostram uma correlação entre a proximidade de uma criança ao espaço verde durante a infância e os problemas de saúde mental da mesma pessoa, como 
transtornos de humor
depressão
transtornos relacionados ao estresse 
quando adultos
(Os pesquisadores ligaram dados populacionais com dados do Registro de Pesquisa Central Psiquiátrica Dinamarquês, que cataloga as internações em instalações psiquiátricas dinamarquesas e 
visitas a pacientes externos
departamentos psiquiátricos 
ou 
atendimento de emergência.)

 Quanto mais espaço verde uma pessoa foi exposta até a idade de 10 anos




[Foto: Annie Spratt / Unsplash ]
Foto por Annie Spratt em Unsplash

O artigo, publicado na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos da América , acrescenta a um conjunto de pesquisas que mostram os benefícios da natureza na saúde humana. 
Esses estudos levaram a um aumento no 
design biofílico 
- em que 
arquitetos
designers de interiores 
usam tantos elementos naturais 
quanto possível para imitar a natureza no ambiente construído
Em 2018, Snøhetta projetou e construiu cabanas na floresta perto de hospitais noruegueses  para dar às crianças doentes e suas famílias 
acesso à natureza. 
E no início deste ano, uma startup de cuidados primários chamada Parsley projetou sua primeira clínica em Nova York baseada inteiramente em princípios de design biofílico., utilizando materiais naturais
adornando 
sua área de espera
salas de pacientes com 
plantas
A biofilia tornou-se uma tendência predominante na decoração de casas
com uma gama de startups 
atendendo a jovens urbanistas 
obcecados por plantas 
que querem ter acesso à natureza 
no peitoril da janela.

Kristine Engemann , principal autora do estudo e pós-doutoranda na Universidade de Aarhus, espera que os resultados do estudo inspirem os pais com crianças pequenas 
a decidirem onde moram 
com base na quantidade de vegetação disponível. 
Mas os resultados também têm implicações para o planejamento urbano
especialmente porque o espaço verde 
não é distribuído igualmente nas cidades : comunidades mais ricas tendem 
a ter mais acesso, 
e a densidade dificulta 
a inclusão de novos parques
"Para os planejadores urbanos, nossos resultados sugerem que o espaço verde 
pode contribuir com grandes benefícios para a saúde em toda a população
e manter ou até mesmo aumentar o espaço verde em áreas residenciais poderia levar a benefícios significativos à saúde", 
disse ela à  Fast Company.via email. 
“Encontrar formas inovadoras 
para 
cidades verdes
como 
telhados e paredes verdes
seria importante e poderia ser mais acessível do que criar espaço para áreas naturais maiores em cidades densas.”

Embora os dados do estudo atual sejam limitados à Dinamarca, Engemann acredita que poderia ser replicado em outros lugares, já que se baseia em dados de satélite
(No entanto, os dados populacionais que remontam a mais de 30 anos permitiram a Engemann explorar a 
relação entre a exposição infantil 
ao espaço verde e a saúde mental
e esses dados podem ser difíceis de encontrar em outros lugares.) 
Outros estudos realizados na América do Norte, Austrália e, em toda a Europa, a maioria se limitou a explorar os benefícios da vegetação na saúde das pessoas 
em curtíssimos períodos de tempo.

Engemann planeja continuar esta linha de pesquisa, aprofundando a 
relação entre 
saúde mental
diferentes tipos de ambientes naturais
Por exemplo, ela aponta que muitos dinamarqueses vivem ao longo da costa, e ela está interessada em explorar se estar perto do oceano 
pode ter um efeito similar.

Embora existam outros fatores que contribuem para o risco de uma criança 
desenvolver problemas de saúde mental 
mais tarde 
na 
vida
como poluição
menor status socioeconômico 
e até mesmo ruído
este estudo coloca o espaço verde no mesmo nível em termos de importância. 
Para todos os pais lá fora, 
há uma maneira fácil de começar: 
arraste seu filho para o parque mais.






SOBRE O AUTOR
Katharine Schwab é uma editora associada com sede em Nova York, que cobre tecnologia, design e cultura. Envie um e-mail para ela em kschwab@fastcompany.com e inscreva-se em seu boletim informativo aqui: https://tinyletter.com/schwabability 


Saiba mais em:  fastcompany...









👇Categorias: pesquise aqui👇

categoria

aaamorrr (3) Adele (2) Afonso Cláudio (7) Afonso Cláudio/ES (4) agregador (5) agregador edihitt (1) agregar (1) água (5) alô negócios (2) alô negócios !!! (2) amor (5) animadas (3) animais (76) animais de estimação (4) animal (1) anuncioso (3) arquitetura (91) arquitetura de interiores (40) arquitetura e urbanismo (3) arte (49) arte e cultura (1066) artes (58) artesanato (98) banco de imagens (960) beleza (94) beleza e moda (20) beruby (1) Birdman (1) BizSugar (2) blog (40) blogger (22) blogs (25) blogspot (11) Brasil (190) buscar aqui (1) buscas (2) buscas populares (3) cabelos (6) cachorros (5) cães (12) Caixa Econômica Federal (3) canal (5) carnaval (2) casa (5) casamento (2) celebridades (135) celular (8) celulares (7) chuva (4) ciências (44) cinema (7) cinema e tv (17) clima (3) comportamento (24) compra (1) computador (5) comunidade (6) concursos (1) cores (2) crochê (4) culinária (84) Curiosidades (1449) curtir (3) datas especiais (20) decoração (24) DIARIAMENTE (2) Dicas (1939) dicas de beleza (5) dinheiro (140) diversidades (2) diversos (5) DIY (2) doces (2) dólar (2) e-mail (1) ecologia (6) economia (92) economia e negócios (2) edihitt (58) edihitt.wordpress.com (1) edilene brandão da silva (49) educação (46) eefm (1) email (3) emprego (8) encomendas (1) engenharia (5) entretenimento (193) envia-links (1) enviar (2) enviar links (1) Enviar Links/Notícias (1) Enviar Links/Notícias/Artigos (2) Enviar Links/Notícias/Artigos...edihitt (1) envie (1) Envie teu link (1) ES (30) escola (2) Espírito Santo (21) esportes (27) estado do espírito santo (20) estatísticas (2) Faça seu login e siga-nos Participe (1) facebook (169) fale conosco (2) famosidades (5) famosos (38) fashion (2) feeds (1) filme (4) filmes (5) filosofia (3) fotografias (3) fotos (2) futebol (8) g + (113) g+ (4) gastronomia (34) gif animada (2) gifs (15) gifs animadas (5) Globo (9) google (33) Google AdSense (6) google aplicativos (1) google-site-verification: googled5a38144460aaa94.html (1) Google+ (2) governo (3) Grande Vitória ES (2) grátis (3) Headline Animator (1) headline animator Animador (1) higiene (4) história (5) humor (76) ícones (2) idéias (3) idosos (4) Imagem (5) imagens (16) imóveis (4) imóvel (2) indicamos (746) índice (1) informática (15) inscreva-se (2) instagram (3) internacionais (5) internacional (106) Internet (122) jardim (2) jequiti (5) jogos (6) Jurassic World (1) leitores (1) link (1) linkedin (3) links (1786) links úteis (3) Marlene Brandão da Silva (1) meio ambiente (21) memes (1) Mensagem (278) mensagens (268) mercado (3) Missão (1) moda (77) moda e beleza (37) mundial (6) mundo (43) mural (1) Música (7) Músicas (14) na hora principal (752) nacional (9) natal (20) natureza (7) negócios e marketing (128) nossa história (1) Nossos Links (64) Notícias (1753) notícias/artigos (1) novela (25) novelas (34) nutrição (7) o que é (22) o que fazer?! (755) opinião (2) ótimos (1) paisagismo (3) parceiros (1) parceiros ▲top▲ (1) parcerias (4) participe (1) passo a passo (9) pesquisa (2) pesquisar (2) Pesquisar? (1) pesquisas (1) pesquise aqui (1) pessoal (10) piadas (2) pinterest (5) pinterest ótimos (1) planeta (3) plus.google.com/+Edihittcom/posts (1) política (45) Política de Privacidade (3) populares (1) presidente (2) publicidade (18) pyxy (10) recados (226) receita (33) receitas (57) receitas3x (1) reciclagem (11) reciclar (3) rede social (2) redes sociais (11) reflexão (70) religião (8) rss (2) Sam Smith (1) saúde (729) saúde e bem estar (2) seguir (2) seguir diferente (1) seguir este espaço (1) Seja + 1 leitor (1) SEO (2) séries (1) siga-nos (1) site (18) sites (15) sobre (1) Subscribe (1) Subscribe in a reader (1) tabela de cores (1) Tabela de cores e códigos (1) tablet (1) tecnologia (117) televisão (11) tempo (6) tricô (4) truques (5) turismo (30) tutoriais (9) tutorial (31) TV (41) twitter (10) urbanismo (4) veja (6) Venha fazer parte (1) ver agora ! (233) ver agora! (509) vídeos (232) Vitória (18) Vitória/ES (12) você sabia (4) web (6) whatsApp (135) WordPress (2) you tube (60) youtube (193)

Pesquisar :

✔ + buscadas:










👇Digite o que procura e clicar em pesquisar: ✔✔✔✔✔✔✔✔✔✔✔✔🔎👇🔍

▼Seguir por e-mail - grátis - notícias...

Seguidores



👇👇👇

https://agregadordevideosyoutubeedihitt.blogspot.com.br/
http://aaamigosss.blogspot.com.br/ areceitablogger
blogdaqueridah
blogspotpopularbusca canaisfamosos1 https://dicasbloggertutorials.blogspot.com.br/dicas valiosas
kkersaberlavemoblogmenu3xquemeeereceitas3x





adiciona URL no google e apareça;nas buscas


https://analytics.google.com/analytics/web/template?uid=56bH4Yl1T5aXs4HM2EFd7A




Ir abaixo




Ir acima
Voltar ao Topo da Página